13/03/2019

Clube do Livro incentiva o #leiamaismulheres neste março

Romance de Chimamanda N. Adichie retrata a dura realidade de mulheres negras e imigrantes


Mulher. Negra. Imigrante. Essa é Ifem, personagem principal do romance “Americanah”, de Chimamanda Ngozi Adichie. No Clube de Março vamos conhecê-la de perto e acompanhar seu processo de adaptação ao novo país. Na história, Ifem abandona suas origens nigerianas e parte para os Estados Unidos. Era uma forma de buscar de alternativas às universidades nacionais, que enfrentavam diversas greves em resposta ao regime político da Nigéria. 

Em terras americanas, ela descobre algo que nunca havia percebido: era negra. No mês dedicado às mulheres, vamos discutir o lado agridoce de ser uma negra em um país de maioria branca, e nos deliciar com a obra escrita por uma mulher. É a nossa forma de celebrar e incentivar a leitura de escritoras #LeiaMaisMulheres.

O encontro será no dia 23 de março, sábado, a partir das 15h, na Livraria Leitura do São Luís Shopping (Avenida Professor Carlos Cunha, 1000, Jaracati – São Luís/MA); entrada franca. A leitura não é obrigatória, apenas sugerida para melhor aproveitamento do encontro com leitores. Participe!

  
Sobre o Livro
Lagos, anos 1990. Enquanto Ifemelu e Obinze vivem o primeiro amor, a Nigéria enfrenta tempos sombrios sob um governo militar. Em busca de alternativas às universidades nacionais, paralisadas por sucessivas greves, a jovem Ifemelu muda-se para os Estados Unidos. Ao mesmo tempo que se destaca no meio acadêmico, ela depara pela primeira vez com a questão racial e com as agruras da vida de imigrante, mulher e negra.
Quinze anos mais tarde, Ifemelu é uma blogueira aclamada nos Estados Unidos, mas o tempo e o sucesso não atenuaram o apego à sua terra natal, tampouco anularam sua ligação com Obinze. Quando ela volta para a Nigéria, terá de encontrar seu lugar num país muito diferente do que deixou e na vida de seu companheiro de adolescência.


Adicione no Skoob

Sobre a autora
Chimamanda é uma escritora nigeriana conhecida por seus romances e contos. Quando completou dezenove anos, deixou a Nigéria e se mudou para os Estados Unidos. Depois de estudar na Universidade Drexel, na Filadélfia, Chimamanda se transferiu para a Universidade de Connecticut. Fez estudos de escrita criativa na Universidade Johns Hopkins de Baltimore, e mestrado de estudos africanos na Universidade Yale.
Seu primeiro romance, Purple Hibiscus (“Hibisco Roxo”), foi publicado em 2003. O segundo romance, Half of a Yellow Sun (“Meio Sol Amarelo”), foi assim chamado em homenagem à bandeira da Biafra, e trata de antes e durante a guerra de Biafra. Foi publicado em 2006 e ganhou o Orange Prize para ficção em 2007.



Clube de Março
Dia 23/mar
A partir das 15h
Livraria Leitura – São Luís Shopping
Marque presença no link do evento
Compartilhe!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a sua participação.
Seja bem-vindo e volte sempre!
Quer comentar e não tem conta?!
1- Escolha a opção Nome/URL
2 - No espaço Nome coloque seu nome ou seu apelido
3 - No espaço URL coloque o link do seu site, blog, vlog, tumblr... (não é obrigatório).


CLUBE DO LIVRO MARANHÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIMENTO POR SOFISTICADO DESIGN.