22/02/2019

Os fãs e a escrita: o fenômeno das fanfics

A literatura que ganhou força na internet e conquistou novos fãs


Quando nos encantamos por uma obra, imediatamente começamos a imaginá-la através de nossa perspectiva. Para algumas pessoas, apenas visualizá-la não é suficiente, e surge então a ideia de reinventá-la com o uso da criatividade, seja criando novas rotas para os personagens, trazendo novos interesses românticos ou até mesmo elaborando uma nova história dentro daquele universo. É isso que chamamos de fanfiction, que pode ser literalmente traduzido do inglês como "ficção de fã".
As chamadas fanfics podem ser baseadas nas mais diversas mídias, sendo elas programas de TV, quadrinhos, livros, video games, etc. As possibilidades são infinitas, assim como a imaginação utilizada para compor novas aventuras. Elas são consideradas um prolongamento das histórias em que são baseadas, mas são feitas sem intenção de uso comercial ou infração de direitos autorais, geralmente sendo publicadas na internet, tendo os autores em vista um espaço em que suas fantasias se tornam realidade.
Conheça mais sobre a linguagem de fandoms em fanfics

Essa prática se originou com a criação de fanzines (revistas criadas por fãs trazendo informações sobre determinada mídia) nos EUA na década de 1970, mas se consolidou com popularização da internet por volta de 1990. Autores de fanfics buscam ainda encontrar outros fãs que possuam interesses em comum e compartilhem sua visão da obra. Essas histórias contribuem para aumentar a popularidade das produções em que são inspiradas e são amplamente utilizadas como forma de publicidade.
Conheça mais sobre os tipos de fanfics e onde ler

Um exemplo de fanfic que se destacou na atualidade foi Cinquenta Tons de Cinza, escrita por E.L. James, que inicialmente se baseava na série de livros e filmes Crepúsculo. Conforme a história foi ganhando repercussão, acabou assumindo seu próprio enredo, teve o nome dos personagens trocados - inicialmente Edward e Bella - para Christian e Anastasia e o roteiro adaptado. Além da série de livros ter se tornado best-seller, a obra também ganhou uma adaptação para o cinema, se tornando sucesso de bilheteria.


Algo semelhante aconteceu com a obra Instrumentos Mortais, de autoria de Cassandra Clare, a qual inicialmente se tratava de uma fanfic de Harry Potter e trazia um enredo recheado de seres fantásticos. O livro ganhou uma adaptação para o cinema em 2013, porém seu retorno não foi satisfatório, sendo realizada uma segunda tentativa em formato de série que teve sua estreia em 2016.


No clube de Fevereiro, vamos explorar o universo das fanfics por meio do livro “Sábado à Noite”, escrito a partir de histórias que envolvem a banda McFly - que teve que ser adaptada para o universo musical brasileiro por conta dos direitos autorais (a Babi explicou aqui). A autora disponibilizou as músicas no youtube!

Para mais informações sobre livro e encontro, clique aqui.


23/fev – 15h
Livraria Leitura (São Luís Shopping)
ENTRADA GRATUITA
Marque presença no link do evento
Para ver o cronograma de leituras de 2019, aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a sua participação.
Seja bem-vindo e volte sempre!
Quer comentar e não tem conta?!
1- Escolha a opção Nome/URL
2 - No espaço Nome coloque seu nome ou seu apelido
3 - No espaço URL coloque o link do seu site, blog, vlog, tumblr... (não é obrigatório).


CLUBE DO LIVRO MARANHÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIMENTO POR SOFISTICADO DESIGN.