09/11/2017

Vem aí a 11ª Feira do Livro de São Luís #11FeliS


Release


A Prefeitura de São Luís e o Governo do Maranhão já estão finalizando a montagem da estrutura que vai receber as atividades da 11ª Feira do Livro de São Luís. O evento acontece de 10 a 19 de novembro, no Centro Histórico, bairro Praia Grande. Ao todo, a estrutura é composta por 22 espaços com programação gratuita, das 10h às 22h, que contemplará todas as idades e envolve a participação direta de escritores renomados, ilustradores, mediadores da leitura e contadores de histórias, artistas, entre outros convidados.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão, o evento celebra a tradição literária e cultural da capital maranhense. "O objetivo do evento é propiciar o maior acesso ao livro, estimular a formação de novos leitores e incentivar as cadeias produtivas em torno do livro e da mediação da leitura. Desta maneira, utilizar o Centro Histórico é também uma forma de resgatar a memória de nossa cidade, enaltecer os grandes expoentes da literatura e reconhecer São Luís como uma cidade que fomenta políticas culturais e de educação", disse o secretário.


VEJA PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI


"A FeliS é um verdadeiro palco para a disseminação de toda nossa diversidade cultural, onde autores maranhenses mostrarão seu trabalho, assim como tantos outros da literatura nacional e internacional. É um momento para compartilharmos o prazer pela leitura e de incentivar novos leitores a embarcar nesta prazerosa viagem. Grandes nomes nacionais também estarão conosco neste momento, como Elisa Lucinda, Negra Li e a Ana Maria Gonçalves, mulheres que lutam pelos temas centrais que a FeliS abordará e que foram bandeiras de vida da patrona desta edição, Maria Firmina dos Reis", destacou o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão.

Os espaços que abrigarão a programação são 34 estandes de livreiros para comercialização de livros; seis estandes de instituições parceiras (Academia Maranhense de Letras, Academia Ludovicense de Letras, Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão, Universidade Estadual do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão e Universidade Federal do Maranhão); 10 espaços para sebos (no Beco dos Catraieiros), três auditórios (na Casa do Maranhão) para debates e conferências com programação simultânea; Espaço Criança Sesc/Semed de Leituras, com programação de teatro, contação de histórias e atividades infantis.


VEJA PROGRAMAÇÃO DO CLUBE DO LIVRO MARANHÃO AQUI


Além disso, quem visitar a Feira poderá prestigiar as apresentações e intervenções artísticas no Pé de Livro e no Anfiteatro Beto Bittencourt. O Cine Praia Grande, além de ter uma programação de exibição de curtas infantis, abrigará também, a partir das 16h, o espaço "Casa do Escritor Maranhense", onde acontecerão 56 lançamentos de livros durante os 10 dias de evento. Os estandes dos livreiros para comercialização de livros e artigos literários, estarão localizados em toda extensão da Rua Trapiche e no estacionamento em frente à Praça da Casa do Maranhão. Também terá o Espaço do Artesão, para exposição e comercialização de artesanato local, além do Espaço Gourmet com Bike Food, uma das novidades desta edição.


A Casa do Maranhão, contará com a estrutura de três auditórios que levam o nome de obras da patrona e de uma liderança comunitária feminina de São Luís, sendo eles: Auditório I – Raimunda Pereira (Dica), Auditório II – Úrsula e Auditório III – Cantos a Beira Mar. No Jardim ficará o Espaço Viriato Corrêa com programação infantil e na Praça em frente, será montado o Espaço Criança Sesc/Semed de Leituras com quatro ambientes com programação especial voltada para o público infantil, incluindo palestras, brincadeiras, contação de histórias, ações educativas e outros.

Já no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho o Hall de Entrada será ocupado pela Exposição "Maria Firmina dos Reis, uma maranhense". Também terá programação no Cine Praia Grande, na Sala de Multimídia, no Teatro Alcione Nazaré com as conferências nacionais, na Galeria Nauro Machado e na Galeria Valdelino Cécio, com o Café Literário, além do Anfiteatro Beto Bittencourt, localizado na área externa.


CONVIDADOS

A programação é composta por 23 convidados nacionais, 10 performances poéticas, sete intervenções artísticas, 60 contações de história, sete espetáculos circense de rua, uma orquestra, nove conferências, palestras, oficinas, minicursos, pocket show, saraus musicais, café literário, espaço infantil, exposições, vendas de livros e artigos literários. A cada edição da FeliS, são recebidos em torno de 200 mil visitantes, entre turistas e moradores locais, alcançando um volume de venda de livros em média de 2 milhões de reais.

Entre os nomes que integram a programação estão a poetisa, jornalista, atriz e cantora Elisa Lucinda e a cantora e rapper Negra Li. Além disso, estarão presentes: Eduardo Assis Duarte (MG), Luiza Lobo (RJ), Rafael Balseiro Zin (SP), Jhow Carvalho (SP), Algemira de Macedo Mendes (PI), Nilma Lino Gomes (MG), Cristina Delou (RJ), Paulo Lins (SP), Bruno Ramos da Silva (SP), Isabel Mayer (SP), Ana Maria Gonçalves (SP), Mauricio Pestana (SP), Marcia Evelin de Carvalho (PI), Rosane da Silva Borges (SP), Silvana Cristina de Oliveira Niemczewski (SC), Mel Amaro Duarte e Luciana Aline Aparecida Ribeiro, do grupo Reocupa (SP), Renata Costa, Elaine Pinheiro, Guilherme Relvas (MinC) e Gustavo Lacombe (RJ).

O evento é uma promoção da Prefeitura de São Luís e do Governo do Estado do Maranhão, por meio das secretarias municipais de Cultura (Secult) e de Educação (Semed), e estaduais de Cultura e Turismo (Sectur) e da Educação (Seduc), tendo como correalizador o Serviço Social do Comércio (Sesc), patrocínio da Vale e Potiguar e apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Secretaria de Estado da Mulher (Semu), Secretaria de Estado da Igualdade Racial (Seir), Fundação da Criança e do Adolescente do Maranhão (Funac), e Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (SEEJUV), Academia Ludovicense de Letras (ALL), Academia Maranhense de Letras (AML), Associação dos Livreiros do Estado do Maranhão (Alem), Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e Universidade Federal do Maranhão (UFMA).


PATRONA

Criada pela Lei Municipal, nº 4. 449/2005, a Feira do Livro de São Luís é uma ferramenta de fortalecimento da vocação e produção literária maranhense. Este ano, a Feira homenageará a escritora maranhense Maria Firmina dos Reis, primeira escritora negra do Brasil e primeira autora de romance abolicionista em toda a língua portuguesa, que este ano completa 100 anos de falecimento. O evento, cujo tema é "Maria Firmina dos Reis e a Literatura Feminina" em homenagem à memória da escritora maranhense, terá em toda a sua programação debates com foco no protagonismo feminino, mulheres, gênero, aspectos étnicos raciais, identidade racial e juventude.

A escritora maranhense Maria Firmina dos Reis ganhou notoriedade por sua ousadia, originalidade e pioneirismo no cenário literário nacional destacando-se como contista, folclorista, poetisa, abolicionista, compositora e primeira romancista brasileira. O evento voltará o olhar para vida e obra dela, que abordou temas complexos para o contexto social em que viveu, subvertendo uma ordem imposta que segregava a mulher, em que a literatura era dominada por homens, e ter marcado em seus escritos a postura antiescravagista. Sua trajetória de vida transcende o próprio percurso histórico, configurando-se até hoje, uma personalidade literária que enaltece o gênero feminino.

Maria Firmina dos Reis demonstrou sua afinidade com a escrita ao publicar 'Úrsula' em 1859, primeiro romance abolicionista e primeiro escrito por uma mulher negra brasileira. O romance a consagrou como escritora e também foi o primeiro romance da literatura afro-brasileira, entendida esta como produção de autoria afrodescendente. Em 1887, no auge da campanha abolicionista, a escritora publica o livro 'A Escrava', reforçando sua postura antiescravista.

A cada edição da Feira, a temática é construída coletivamente entre as diversas instituições parceiras que definem o nome de patrono, homenageados, eixos temáticos, planos de divulgação, apoio institucional, estratégias de viabilização, projeto arquitetônico e ambiental.

Texto original aqui

#11feliS #feliS20117 #vemprafeliS
#maranhãodeleitores 

Curta o Clube do Livro - MA no Facebook
Siga o @ClubedoLivroMA no Twitter e Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a sua participação.
Seja bem-vindo e volte sempre!
Quer comentar e não tem conta?!
1- Escolha a opção Nome/URL
2 - No espaço Nome coloque seu nome ou seu apelido
3 - No espaço URL coloque o link do seu site, blog, vlog, tumblr... (não é obrigatório).


CLUBE DO LIVRO MARANHÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIMENTO POR SOFISTICADO DESIGN.